1973 - TORNEIO INÍCIO

  TORNEIO INÍCIO DE 1973  

 

Renda total do torneio: NCr$ 21.000,00

 

A cobrança das penalidades máximas, no caso de empate no tempo normal de 20 minutos, era feita por apenas um atleta de cada equipe em número de três por série.

 

31/03/1973

Sábado

São Domingos

0    x    0

Dínamo

Rei Pelé

(Nos pênaltis, São Domingos 0 x 3 Dínamo)

Árbitro: Edvaldo Bonfim

São Domingos – Irecê; Gato Preto, Pires, Isauro e Erivaldo; Verso e Dão; Carneiro, Ademir, Índio e Eduardo.

Dínamo – Bereu; Carlinhos, Zé Carlos, Jaelson e Tuta; Jara e Sérgio; Atom, Ná, Romildo e Zadir.

 

31/03/1973

Sábado

Ferroviário

0    x    0

Guarany

Rei Pelé

(Nos pênaltis, Ferroviário 3 x 1 Guarany)

Árbitro: Petrúcio Bezerra

 

31/03/1973

Sábado

CSA

1    x    0

CSE

Rei Pelé

Árbitro: Murilo Maciel

Gol: Misso aos 9’ do 1° tempo.

 

31/03/1973

Sábado

CRB

0    x    0

ASA

Rei Pelé

(Nos pênaltis, CRB 1 x 3 ASA)

Árbitro: Antônio Morais

 

31/03/1973

Sábado

Dínamo

0    x    0

Ferroviário

Rei Pelé

(Nos pênaltis, o Ferroviário saiu vencedor)

Árbitro: Túlio Jatobá

 

31/03/1973

Sábado

CSA

1    x    0

ASA

Rei Pelé

Árbitro: Severino Cavalcante

Gol: Giraldo aos 2’ do 2° tempo.

 

DECISÃO DO TORNEIO

 

31/03/1973

Sábado

CSA

1    x    1

Ferroviário

Rei Pelé

(Nos pênaltis CSA 0 x 3 Ferroviário)

Árbitro: Sebastião Canuto

Gols: Jorge da Sorte (Ferroviário) aos 2’ e Batoré (CSA) aos 14’ do 1° tempo.

CSA – Dida; Mendes, Bibiu, Zé Preta e Joãozinho; Dudu, Soareste e Batoré; Otávio, Giraldo e Misso.

Ferroviário – Simplício; Ednelson, Cabeleira, Lourival e Jarbas; Butin, Edmilson e Zé Roberto; Geo, Jorge da Sorte e Renato.

 

  FERROVIÁRIO CAMPEÃO TORNEIO INÍCIO - 1973