AMISTOSOS EM 1975

AMISTOSOS DO ASA EM 1975

19/01/1975

Domingo

ASA

4  x  0

Penedense

Coaracy da Mata

ASA – Carneiro; Bira, Geraldo, Lourival e Tião (Joãozinho); Edmundo e Zito; Liberalino, Salê, Paranhos e Bió.

Técnico: Ariston Dias

10/08/1975

Domingo

ASA

1  x  0

Ferroviário

Coaracy da Mata

Renda: NCr$ 3.500,00

Gol: Zito no 2° tempo.

24/08/1975

Domingo

ASA

3  x  0

Penedense

Coaracy da Mata

Gols: Salê, Zito e Bió.

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro.

31/08/1975

Domingo

ASA

2  x  0

Canavieiro

Coaracy da Mata

Árbitro: Juarez Inácio

ASA –

Canavieiro – Horrara; Elias, Machado, Alcidésio e Altamir; Rosquinha, Nê e Geo; Hamilton, Nonato (Flávio) e Bira.

Técnico: Juan Celly

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro.

05/10/1975

Domingo

Dínamo

0  x  3

ASA

Rei Pelé

Árbitro: José Teles

Gols: Salê (2) e Manoel Porto.

Dínamo – Cabeleira; Cláudio, Tico, Djalma e Elias; Butim, Aton e Pescador; Paulinho, Tony (Hamilton) e Batista (Ailton).

ASA – Cícero; Cláudio, Grego, Geo e Neco; Edson Porto e Capeta; Manoel Porto, Orlandinho, Salê e Josenildo.

Técnico: Júlio Silva

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro.

12/10/1975

Domingo

Santa Cruz

(Penedo)

1  x  4

ASA

Argemiro Cavalcante

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro. O ASA conquistou o 1° turno da competição nesse confronto.

19/10/1975

Domingo

ASA

2  x  0

Ferroviário

Coaracy da Mata

Árbitro: Moacir Monteiro

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro. Esse foi o 1° confronto do 2° turno da competição.

09/11/1975

Domingo

ASA

3  x  0

Guarany

Coaracy da Mata

Árbitro: Juarez Inácio

Renda: NCr$ 1.400,00

Gols: Edson Porto, Orlandinho e Bira (Guarany, contra).

ASA – Cícero; Cláudio, Luizão, Grego e Edson Porto (Bado); Capeta e Orlandinho (Gato Preto); Manoel Porto, Guaraná, Salê e Josenildo.

Técnico: Júlio Silva

Guarany – Oliveira; Bira, James, Sony e Serafim; Vítor (Roberto) e Rato; Zequinha, Paulinho, Hermano e Cabral.

Técnico: Hélio Sena

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro.

16/11/1975

Domingo

Canavieiro

0  x  0

ASA

Manoel Moreira

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro.

23/11/1975

Domingo

ASA

2  x  0

Itabaiana/SE

Coaracy da Mata

Gols: Manoel Porto aos 20’ do 1° e aos 32’ do 2° tempo.

ASA – Cícero; Cláudio, Grego, Geo e Neco; Edson Porto e Capeta; Manoel Porto, Orlandinho, Salê e Guaraná (Josenildo).

Técnico-presidente: Júlio Silva

Itabaiana (SE) – Tênisson (Hedibaldo); Ademir, Ailton, Debinha e Valdir; Ernani, Gustinho (Cipó) e Freitas (Paulinho); Forzinho, Alemão (Miguel) e Everaldo.

30/11/1975

Domingo

ASA

4  x  0

Santa Cruz

(Penedo)

Coaracy da Mata

Gols: Salê (2), Edson Porto e Capeta.

Observação: O jogo foi válido pelo Torneio Incentivo, que reunia os clubes do interior e da capital não participantes do Campeonato Brasileiro. O ASA se sagrou campeão invicto da competição nesse jogo.

03/12/1975

Quarta-Feira

CRB

3  x  2

ASA

Rei Pelé

Árbitro: Pedro Rufino

Renda: NCr$ 22.960,00

Gols: Salê (ASA) aos 7’, Antônio Carlos (CRB) aos 17’, Manoel Porto (ASA) aos 31’ e Antônio Carlos (CRB) aos 37’ do 1° tempo; Antônio Carlos (CRB) aos 8’ do 2° tempo.

CRB – César; Pires, Ronaldo Brito, Major e Ailton; Alex, Gilmar (Arapiraca) e Djair; Roberval (João Daniel), Antônio Carlos e Joãozinho.

Técnico: Paulo Poleto

ASA – Cícero; Cláudio, Grego, Geo (Djalma) e Neco (Gato Preto); Bado e Capeta; Manoel Porto, Orlandinho, Salê e Guaraná.

Técnico-presidente: Júlio Silva

Observação: O ASA vinha de uma invencibilidade de 22 partidas.