O ASA está aprendendo a investir em sua base

(foto: Site 7segundos.com.br)

Enquanto o ASA prova que investir nas categorias de base é o caminho do sucesso, por outro lado, a torcida do alvinegro não anda apoiando o seu clube.

Quem foi ao Fumeirão ontem para assistir o primeiro jogo das semifinais do quadrangular decisivo do 1° turno do Campeonato Alagoano de Futebol pôde testemunhar o trabalho magnífico, realizado pela diretoria do ASA já a algum tempo em suas categorias de base. Viu-se que a negociação do Júnior Viçosa para o Grêmio/RS não se constituiu numa mera casualidade.

André Nunes, Cal, Didira, Jorginho e Valdívia se agigantaram ontem e, como gente grande, ajudaram o ASA a fazer a melhor apresentação dessa competição. Destaques para os meias Valdívia e Didira, que, junto ao Lúcio Maranhão, também em noite inspiradíssima, foram os protagonistas da sonora goleada de 5 x 0 do alvinegro, frente a boa equipe do Corinthians do Pilar.

Uma pergunta agora não quer calar. O ASA está mesmo no caminho certo ao investir tantas fichas em atletas das suas categorias de base? Afinal, o jogo de ontem era uma decisão de extrema importância para os interesses do alvinegro. A conquista deste 1° turno garante antecipadamente uma vaga na Copa do Brasil de 2013, outra vaga na Copa do Nordeste que promete recursos de R$ 1.000.000,00 aos seus participantes, além de assegurar, no mínimo, o vice campeonato estadual. Nesse sentido, todos os méritos ontem para o estreante técnico Heriberto da Cunha, que, em pouco tempo, soube enxergar nos treinamentos o valor dessa garotada e não pestanejou em escalá-los de primeira na partida. Parabéns, professor, seja bem vindo ao gigante das Alagoas!

Mas, sempre esse tal de mas para estragar as boas histórias, por outro lado, a torcida do ASA foi a grande decepção da noite, porque não se fez presente em grande número ao Fumeirão, num jogo decisivo para as pretensões de qualquer equipe alagoano. Apenas 3.730 pessoas num estádio quase vazio. Pouco mais de R$ 39 mil  de arrecadação nas bilheterias. Apenas 2.589 pagantes. Uma vergonha! Isso mesmo, VERGONHA! Essa torcida não merece o time que tem. Esperemos que, após a belíssima apresentação desses guerreiros ontem, a torcida do ASA acredite mais no potencial desse elenco e olha que metade do time ontem foi formada por atletas da base, como já comentado, imagine quando os reforços começarem a jogar. Saí muito decepcionado ontem do Fumeirão com a torcida do ASA, que não está reeditando a sua tradição de apoio ao clube do seu coração. Acorda, torcedor! Saia do sofá! O seu lugar é no Fumeirão ou aonde o alvinegro estiver defendendo as nossas cores.

Independentemente, do que acontecerá no jogo da volta, o time provou que tem potencial para brigar pelo bicampeonato. O Corinthians do Pilar, mesmo goleado, vendeu caro a derrota e apresentou grandes valores individuais. Destaque para o seu lateral direito, Leandrinho. Craque de bola.

Parabéns garotada do ASA! O caminho é esse. Pés no chão e vamos para a decisão com garra e humildade.