Vale muito, esse 2° turno!

(Foto: www.minutoarapiraca.com.br)

Na próxima Terça Feira, dia do trabalhador brasileiro, 1° de Maio de 2012, às 16 horas, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca se inicia o primeiro de dois confrontos das duas equipes com melhores campanhas no Campeonato Alagoano de Futebol. De um lado, como mandante, a Agremiação Sportiva Arapiraquense com seus 44 pontos ganhos; Do outro lado do gramado, o Centro Sportivo Alagoano com seus 40 pontos ganhos e o melhor índice de aproveitamento da competição. O alvinegro, o melhor ataque com 45 tentos assinalados; O azulão, a melhor defesa da competição, apenas 17 gols sofridos. Heriberto da Cunha contra Lourival Santos; Lúcio Maranhão contra Roni. Prenúncio de muitas emoções.
Dois jogos que valerão não apenas o título de campeão do 2° turno do Campeonato Alagoano, mas, especialmente, a conquista das vagas nas rentáveis Copas do Brasil e do Nordeste de 2013. Quem quererá ficar de fora dessas competições? Certamente, o perdedor, ou seja, aquela equipe que for sobrepujada pelo seu adversário dará adeus a essas possibilidades tão almejadas.
Na atual temporada, o ASA não conseguiu vencer o CSA. Empatou em casa em 0 x 0 no 1° turno, em 1° de Fevereiro e foi derrotado no Trapichão, por 3 x 2 de virada, no dia 25 de Março, no Estádio Rei Pelé. Isso faz do CSA o favorito para a conquista do 2° turno? A resposta será conhecida no dia 05 de Maio no Trapichão. Uma coisa é certa. Serão dois jogos disputadíssimos. Não se prevê predomínio de um time sobre o outro, pelo contrário, as campanhas similares mostram muito equilíbrio.
O torcedor alvinegro acredita na conquista de mais esse título, pela constância de seu esquadrão não só neste campeonato, mas porque, desde 2008, o ASA conseguiu chegar em todas as finais estaduais, levantando os títulos máximos de 2009 e de 2011 e sendo vice campeão em 2010 e em 2008, esta última disputa justamente contra esse mesmo CSA. Para isso, deposita suas fichas nos atletas da base alvinegra: Didira, Valdívia, Cal e Jorginho; nos gols do artilheiro Lúcio Maranhão em grande forma e, principalmente, na competência do maestro Heriberto da Cunha, que veio fazer história no alvinegro arapiraquense, o que tem contribuído para nem se cogitar mais no retorno do grande José Luiz Mauro, o Vica, técnico ídolo da torcida do ASA gigante das Alagoas.
Outro ponto antes vulnerável da equipe, a sua defesa, tem evoluído com a chegada do zagueiro Gaúcho, que assumiu a posição de titular pelas suas boas atuações, além de ser muito eficiente nas cobranças de falta, constituindo-se em mais uma arma alvinegra nesses jogos decisivos.
Enfim, a expectativa da grande massa torcedora alvinegra é de um time de verdadeiros guerreiros em campo, em busca da conquista da classificação do time do ASA gigante para a decisão final contra o CRB. Como disse, vale muito, esse 2° turno para o alvinegro, nesse sentido, garra, coração na ponta das chuteiras, frieza na hora do gol, muita marcação, inspiração, tudo isso se espera desses atletas da Agremiação Sportiva Arapiraquense.
Força, ASA gigante!!!